Desapegue de quem nunca se apegou a você

7:40 PM

Há quem diga que o apego acontece às vezes sem a gente perceber, ou então que a gente até percebe, mas se deixa envolver. Eu não sei direito em qual dessas duas hipóteses eu acredito, mas sei de uma coisa: o apego só é bom e saudável quando é um sentimento recíproco. Enquanto existir qualquer sentimento bom entre duas pessoas ou mais, o apego vai estar presente e será algo maravilhoso de vivenciar, mas assim que os sentimentos bons forem tomados por sentimentos negativos, ou ainda por sentimento algum, é hora de se preocupar.

Ninguém diz que é fácil sair dessa zona de conforto onde uma hora tá tudo bem e de repente você se vê em uma situação completamente confusa e oposta do que você estava há 2 minutos atrás, mas as mudanças drásticas acontecem mesmo assim; de uma hora pra outra, e ninguém espera. Na verdade, essa falta de preparamento para situações assim pode até ser bom, significa que você ainda é humano. Ainda bem. Mas, o que é importante ressaltar, é isso: você não deve, de maneira alguma se manter apegado a alguém que nunca se apegou em você. Sim, é bem difícil cortar esse vínculo, mas é um processo pelo qual todos nós precisamos passar.

Quando perdemos alguém, é muito difícil no momento conseguir observar as coisas com clareza porque nosso batimento cardíaco aumenta, nossos pensamentos começam a aparecer tão rápidos e em números tão enormes que você se perde dentro de si mesmo e parece que todo seu equilíbrio é tirado de você, mas aos pouquinhos, bem aos poucos isso passa. Aí, nosso batimento cardíaco volta ao normal, nossos pensamentos ficam mais em ordem e você recupera o equilíbrio e se da conta de que tudo o que ainda te faz sofrer é o apego. Apego a cada detalhe daquela pessoa, ou relação e isso faz você estar no presente, mas continuar vivendo o passado.


 Tentar é indispensável nessas ocasiões. Você vai falhar várias e várias vezes, você vai achar que o mundo resolveu te odiar e que você nunca vai ser capaz de se livrar de todos os sentimentos e memórias que aparecem na sua mente, mas eu te digo que é completamente ao contrário. Falhar, é um sinal de que você está reagindo. É um sinal de que você está tomando alguma decisão sobre o que fazer ou não e que o mundo pode sim estar contra você, mas mesmo assim você continua tentando.

Desapegar é um processo lento e muito doloroso, mas todo o esforço que você fizer é extremamente válido. É válido para você poder ser capaz de chegar ao seu limite de saudade, amor, raiva, tristeza, medo e mesmo assim continuar vivendo e respirando um pouco de cada vez. Use toda a dor e tempo que você terá para se colocar em ordem e aprender como você se sente em relação a superar algo em que você é/foi muito apegado. Cada dia é uma nova chance e cada falha é uma nova notícia boa: você está vivendo e aprendendo.

  • Share:

You Might Also Like

1 comentários

  1. Minha amiga eu lhe digo com toda a certeza que o desapego não funciona. Mudanças drásticas sempre são repentinas, outras nem tanto, só revelam quem é quem de verdade. E geralmente até a pessoa se assusta com quem é de verdade. Mas não pode se render se não gostar...

    ResponderExcluir